sexta-feira, 5 de maio de 2017

PERSONAGENS QUIXOTESCOS: ALGUNS ESTUDOS

Minhas referências principais foram Francisco de Goya e Gustave Doré!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

BIRA DANTAS NA SEMANA LITERÁRIA DO COLÉGIO DANTE

Em 31 de agosto de 2016.
O Colégio Dante Alighieri realizou, na semana de 15 a 19 de agosto, a Semana Literária, uma série de eventos de literatura destinados aos alunos do 1º ao 8º ano do Ensino Fundamental. Objetivo da proposta foi fazer as crianças mergulharem no universo literário por meio de conversas com escritores e contações de histórias.
Durante a semana, três tipos de atividades foram realizadas: Contadores de Histórias, Encontro com autor e Conversa com escritor. A primeira consiste de um conjunto de apresentações em que se narra uma história aos alunos, enquanto a segunda é um bate-papo com o autor de um livro que esteja sendo estudado nas aulas. Por fim, a Conversa com escritor é um debate ente os alunos e um escritor acerca de determinado tema tratado pelo livro de outro autor.
No primeiro dia do evento, os alunos do 2o ano se dirigiram ao auditório Miro Noschese para assistir a uma peça apresentada por Paula Bega e sob a direção de Julio Avance. Nela, Paula faz o papel de uma senhora idosa para contar a história da obra Os amigos do Marcello, de Ruth Rocha. Com muita animação, Paula cria diversas brincadeiras no palco e, por meio de perguntas, interage com os alunos, que, por sua vez, acabam se divertindo bastante com a história.
Já na terça-feira, foi a vez de os alunos do 1º ano irem ao auditório para ver a apresentação do Grupo Girasonhos. Com muita música, um dos elementos que lhe distinguem o trabalho, o grupo fez uma apresentação que teve como tema o poema. Enquanto isso, na Biblioteca Infantil, as turmas do 4o ano se encontraram com o autor José Roberto Torero e Marcus Aurelius, autores do livro Chapeuzinhos coloridos. Nessa obra, os escritores reinventam a personagem da Chapeuzinho Vermelho, criando-lhe seis réplicas com características diferentes: uma quer ser famosa, outra, caçadora, e há até uma que adora comer bisteca de lobo, e por aí vai. No final do livro, os autores convidam os leitores a criar sua própria história.
Na quarta-feira, os dantianos do 3o ano se encontraram, na Biblioteca infantil, com o escritor Jonas Ribeiro, autor da obra Uma ilha a mil milhas daqui. Como de costume, Jonas apresentou seu livro aos alunos de forma lúdica, utilizando fantoches e outros brinquedos para ilustrar a história. No livro, Marcelo, um menino que adora seus avós, ganha um presente e viaja para uma ilha distante. Mas os avós, sentindo-se por isso abandonados, fazem o possível e o impossível para resgatá-lo. No dia seguinte, o desenhista Bira Dantas, especializado em quadrinhos, ilustrações e charges, veio ao auditório Guglielmo Falzoni para conversar com os alunos dos 7os anos sobre o livro Dom Quixote em Quadrinhos que foi inspirado na famosa obra de Miguel de Cervantes.
Por fim, na sexta-feira, os alunos do 8º ano foram ao auditório Guglielmo Raul Falzoni e conversaram com Marco Haurélio, escritor e especialista em literatura de cordel, gênero literário caracterizado por versos rimados. No encontro, foi discutido o conto “Cartomante em Cordel”, de Machado de Assis. Já os alunos do 5o ano ouviram, na sala de estudos, a artista e escritora Kiara Terra, que abordou três histórias do livro Histórias Greco-Romanas, de Ana Maria Machado. De forma bastante dinâmica, Kiara apresentou as narrativas e interagiu com os alunos, que, por meio de perguntas, e ao ritmo das respostas, iam ditando o rumo da conversa.
De acordo com a professora Angela Martins, coordenadora da Educação Infantil e do 1o ano do Ensino Fundamental, é importante que um evento como esse seja realizado. “Foi muito significativo. Trabalhamos com diferentes gêneros textuais, e isso sempre serve como um estímulo a mais para a aprendizagem”, afirmou. A professora Symone Oliveira, coordenadora do 2o ao 5o ano do Ensino Fundamental, concorda. “A Semana Literária é feita em cima dos livros trabalhados na sala de aula e serve como incentivo à leitura”, comentou. “Os convidados trabalharam de forma muito interativa e lúdica. Todos aprenderam e se divertiram”, completou.
A professora Maria Cleire Cordeiro, coordenadora do 6o ao 9o ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, também elogiou a atividade. “Os convidados foram carismáticos, encantaram os alunos e trouxeram diversas novidades interessantes”, disse. “É essencial mostrar a importância dos diferentes gêneros da literatura, e esses especialistas deixam tudo mais claro”, completou. A bibliotecária-chefe do Colégio, Marilda Mitsui, responsável por parte da organização da semana, também considera o evento positivo. “Para o aluno, é fundamental esse contato com o escritor. Falar com eles, tirar dúvidas e etc. é um momento ímpar. É muito importante que eles tenham essa oportunidade de estar junto com o autor e ter esse contato”, comentou.
http://www.colegiodante.com.br/dante-promove-semana-literaria-para-alunos-do-ensino-fundamental-i-e-ii/

QUADRINHOS QUIXOTESCOS EM DEBATE NO DANTE ALIGHIERI

http://www.colegiodante.com.br/7o-ano-participa-de-bate-papo-sobre-d-quixote-em-hq/
Em 19 de setembro de 2013.
Um dos maiores clássicos da literatura de todos os tempos, “Dom Quixote de La Mancha”, de Miguel de Cervantes, foi transformado em história em quadrinhos pelo paulista Bira Dantas. Sobre a adaptação para HQ da obra (publicado pela editora Escala Educacional), o cartunista, chargista e quadrinista falou aos alunos do 7º ano do Colégio Dante Alighieri em 17 de setembro.
Antes da atividade, incluída na programação da XVI Feira do Livro do Colégio, os estudantes dantianos já tinham, porém, lido a adaptação de “Dom Quixote” feita por Bira Dantas.
Daí que, no bate-papo, o cartunista deixou os alunos à vontade para se manifestarem. Assim, por exemplo, ele ouviu o relato de um estudante que havia feito um fanzine sobre um super-herói.
O cartunista, por sua vez, falou sobre o início de sua carreira. “Aprendi a desenhar copiando gibis. Quando tinha 15 anos, fui fazer um estágio no estúdio Ely Barbosa. Lá, fui assistente do Eduardo Vetillo, fazendo a arte-final (passava o traço de nanquim). De 1979 a 1982, fizemos o gibi ‘Os Trapalhões’. Tive um aprendizado na prática.”
Dom Quixote
Sobre “Dom Quixote”, Bira afirmou ter lido a obra pela primeira vez aos 13 anos, numa versão adaptada. “Foi então que me deu vontade de conhecer a obra inteira”, afirmou. O quadrinista falou também da dificuldade de transformar um livro de quase 800 páginas em uma HQ de 84 páginas.
Na elaboração de “Dom Quixote”, premiado com o Troféu HQ Mix 2009, o trabalho de Bira foi ainda maior, uma vez que ele assumiu todas as etapas de produção (pesquisou, adaptou o texto, fez os desenhos e coloriu-os), levando um ano para concluir o projeto.
Para a composição dos desenhos, Bira se inspirou nos traços do pintor espanhol Francisco de Goya. Todo esse processo de elaboração da obra está descrito no blog criado pelo cartunista especialmente para o projeto.
No bate-papo no Dante, Bira Dantas ainda mostrou aos alunos estudos e esboços preparatórios para “Dom Quixote”.
Marcello Garbelini, do 7º ano A, aprovou a adaptação de “Dom Quixote de La Mancha” para quadrinhos e elogiou o bate-papo. “Gostei bastante da conversa. Achei interessante ele (Bira Dantas) ter criado um blog para mostrar os passos para fazer a obra”, disse o aluno, que gosta de desenhar paisagens e pessoas.
Além de “Dom Quixote”, Bira Dantas também fez versões para quadrinhos de “O ateneu”, de Raul Pompeia, e de “Memórias de um Sargento de Milícias”, de Manuel Antônio de Almeida. No momento, ele trabalha na adaptação da “Ilíada”, de Homero.
Esta foi a segunda participação do cartunista nos eventos literários do Colégio Dante. A primeira foi em 2012. https://www2.colegiodante.com.br/bira-dantas-fala-para-o-7o-ano-sobre-versao-em-hq-de-dom-quixote/

DEU GIBI NO ESTADÃO

Caderno 2 do Estado S.Paulo:
(Felipe Muniz Palhano)
Dom Quixote é considerado um dos maiores clássicos da literatura mundial e narra às aventuras de dois personagens - Dom Quixote de La Mancha, vivido pelo decadente fidalgo Alonso Quixano e Sancho Pança, seu vizinho e lavrador.
Dom Quixote de La Mancha, em nome desse amor e de seus desvarios, saiu pelo mundo defendendo os injustiçados. Na maioria das vezes, metendo os pés pelas mãos e levando a pior em quase tudo que se aventurava fazer.
Neste lançamento da editora Escala Educacional, Dom Quixote ganhou uma nova adaptação, desta vez na linguagem dos quadrinhos. Com roteiro e desenhos do quadrinhista Bira Dantas, o livro tem traços e pinceladas inspirados em Gustave Doré e Goya. A obra levou oito meses para ficar pronta.
"Originalmente ela teria 120 páginas, mas por questões editoriais, foi finalizada com 85 - Levei até janeiro de 2008 para finalizar os desenhos com nanquim e escrever os diálogos. Claudia e Thais, minha mulher e filha ajudaram a apagar o grafite das páginas para eu poder fotocopiar e pintar com aquarela" – conta Bira Dantas.
O resultado final de Dom Quixote apresenta um texto de fácil compreensão e ilustrações carregadas de ironia que definem bem as loucuras e a profunda sabedoria do personagem.
Obra vencedora do 21º HQ MIX - Melhor adaptação para Quadrinhos http://domquixotehq.blogspot.com
Bira Dantas: Roteirista e ilustrador paulistano, vive em Campinas desde 1988, é professor de Caricatura na Pandora Escola de Arte. Iniciou a carreira desenhando o gibi Os Trapalhões (1979). Trabalha como chargista desde 1982 (Sindiluta, Retrato do Brasil, Folha da Tarde, Sinergia, Sindae e Petroleiros). Em 2005, na Coréia do Sul, apresentou palestra em meio a centenas de orientais durante a Conferência Mundial de HQ. Em Amsterdã, autografou HQs como Front, Bira Zine e Memórias de um Sargento de Milícias. Faz parte da Associação dos Quadrinhos e Caricaturas do Estado de São Paulo.
Também recebeu da Câmara de Campinas, cidade onde vive, o Diploma de Mérito Zumbi dos Palmares. Ganhou prêmios Ângelo Agostini e HQ Mix, no Brasil, além de China, Sérvia, Chipre e Bósnia Herzegovina. Foi jurado de premiação do Festival de Quadrinhos da Argélia (2014). Dom Quixote
Editora: Escala Educacional. Coleção: Literatura Mundial em Quadrinhos. Autor: Miguel de Cervantes. Roteiro e Ilustrações: Bira Dantas

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

MEU D. QUIXOTE ESTÁ NA SELEÇÃO OFICIAL DO FIBDA

FESTIVAL DE QUADRINHOS DA ARGÉLIA, AÍ VOU EU!
C'est merveilleux!!!! Cet honneur! minha adaptação da obra-prima de Miguel de Cervantes está na lista de selecionados na categoria "Melhor Projeto".
Ainda não estou acreditando, ninguém do FIBDA tinha me avisado... Eu achava que ia pra Argélia apenas dar uma palestra sobre o Quadrinho brasileiro e autografar o BiraZine #02 (belamente editado e impresso pelo Francisco Marcatti e vertido pro francês pela Maria Luiza Nery), mas estou concorrendo...
EDUARDO PINTO BARBIER NÃO PARTICIPARÁ NO FESTIVAL Apesar de participar varios anos e de ter sido premiado, por motivos de mudança residencial, o quadrinhista residente na França Eduardo Barbier -criador do fanzine premiado "La Bouche du Monde"- não vai estar presente no FIBDA. Foi o Eduardo quem me apresentou a Dalila Nadjem do FIBDA em 2011. Agradeço muito a ele.
O site do evento tem toda a programação, as listas de indicados em cada categoria. http://www.bdalger.net/concours/selection-officielle Levarei o livro "Ícones dos Quadrinhos" do Ivan Costa (minha releitura do Nhô Quim do Mestre Angelo Agostini, está na pág. 144). Além de uma palestra sobre minha carreira e o mercado de Quadrinhos no Brasil, vou lançar o Bira Zine 2 (edição bilíngue português-francês com caricaturas, charges, cartuns e quadrinhos) e montar um estande com o melhor do Quadrinho nacional publicado pela editora Devir (livros gentilmente presenteados pelo Douglas Quinta Reis aos diretores do FIBDA) e uma fatia dos independentes (Laudo, Omar Viñole, Mario Cau, Caio Yo, Marcatti, Will, Daniel Esteves, Fabiano Carriero, jornais Graphiq e Cometa), além de publicações da AQC (Picles e 100 Vezes AQC). Esta é a sexta edição do Festival que coloca o continente africano em contato com o mundo. Vai acontecer de 08 a 12 de outubro de 2013, na Esplanada "Riahd El Feteh". http://www.bdalger.net
U-HUUU!
Si tout va bien, je serai en Algérie en Octobre. J'ai reçu une invitation de la BD Festival de participer à l'événement qui unit l'Afrique du Nord dans le monde des comics. C'est un grand honneur de représenter le Brésil. Je remercie Eduardo Pinto Barbier qui m'a présenté à Delilah Nadjam à Angoulême en 2011 (elle est présidente du Festival). Barbier présenté moi BD (scenario de Claudia) au Festival en 2012 pour prix spécial. Mon visa a été approuvée à l'ambassade d'Algérie aujourd'hui, maintenant juste attendre le 08 Octobre. Merci!
EDUARDO BARBIER
Quadrinhista brasileiro residente na França, criou a Le Bouche du Monde, revista franco-brasileira de HQ, em 1991 em Belém do Pará. Editada na França desde 1998, foi selecionada em 2009 e 2011 no Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême (categoria BD Alternativa) e em 2010 na categoria de melhor revista no Festival Internacional de BD de Argel. Ele foi ganhador dos prêmios HQ MIX -contribuição do ano -2008; Troféu Jayme Cortez -2009; Bigorna - Contribuição a HQB - 2009; DB Artes - Homenagem especial - 2009. http://eduardopintobarbier.blogspot.com.br Entrevista com Eduardo Pinto Barbier no Blog Quadro-a-quadro: http://quadro-a-quadro.blog.br/?p=2538
HUMOR LIBERTADOR
Hocine Tamou, da organização do evento, fala com grande expectativa do "grande encontro tão esperado com a nona arte (...) e os fãs de quadrinhos estão se preparando para viajar sem fronteiras." Fala também "da experiência acumulada e resultados muito animadores do primeiro evento do gênero (...) chegando agora a visibilidade e consistência." O tema escolhido para o festival: "Caixas e bolhas em delírio."
COREANOS
O Festival da Argélia vai trazer também a 16ª edição do sul-coreano BICOF (Festival Internacional de Quadrinhos de Bucheon, um dos mais importantes da Ásia): Lea Choi, executiva da Komacon (Korea Manhwa Contents Agency), além dos quadrinhistas Doo-ho Lee, Hee-Jae Lee (quadrinizou o Manhwa "Meu Pé de Laranja Lima") e Ancco.
Doo-ho Lee
http://www.koreaherald.com/view.php?ud=20130403000819
Hee-Jae Lee (presidente da KOMACON)
http://manhwa101.com/lee-heejae-2/
Ancco
http://blog.drawn.ca/post/7889447578/shorts-on-the-go-1-ancco-eng-by Bucheon se destaca por seu Museu do Cartum, a Agência Komacon, a Cidade Cinematográfica e eventos culturais como os Festivais de Quadrinhos e de Cinema Fantástico.
BELGAS
Etienne Schréder, cartunista belga publicado por Casterman, Glénat e Dargaud, oferece um treinamento de cinco dias para os jovens talentos argelinos. Durante isso, os conceitos básicos dos quadrinhos serão abordados: a escrita e o desenho, corte gráfico e o ritmo da narração, como escolher uma história e o que dizer nela... Os princípios do roteiro, os diálogos, as referências e documentação farão parte do treinamento. E uma breve história da evolução dos quadrinhos na Europa, EUA e Ásia.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

XVI FEIRA DO LIVRO NO DANTE

Colégio Dante Alighieri, São Paulo. O bate-papo será com os alunos dos 7ºs anos do Ensino Fundamental, que leram sua adaptação do livro “Dom Quixote” (Escala Educacional).
Dia – 17 de setembro (3ª feira) Horário – 10h00 às 12h30 (3 encontros) Local – Mini auditório